Arquivo da categoria: Moda

Cabelos, cabelos meus!

Padrão

Têm  cabelos mais bonitos do que os meus? Rsrsrsrs

Sabe aqueles dias que voce acorda e quer dar um up no seu visual?

Com a vida corrida que levamos hoje nem sempre temos tempo disponível para marcar hora no cabeleireiro. E só de pensar nisso me dá uma preguiça!

Entao, vamos lá! Pra você que como eu corre o dia inteiro, vou dar dicas de como cortar o seu próprio cabelo.

Olha só o que vc vai precisar:

Um pente fino e uma tesoura própria para cortar as madeixas!

Não adianta pegar uma tesoura de costura que não vai dar certo, heim? Invista nesse pequeno acessório!

Bom, vamos ao trabalho?

Em primeiro lugar, lave os cabelos como de costume.

Depois de secar levemente com a toalha, desembarace o cabelo. Com a cabeça levemente virada para baixo, penteie os cabelos puxando todos os fios ate que o pente deslize sem encontar nenhuma barreira.

Pronto? Agora coragem, amiga! Nao tenha medo.

Marque uns dois ou três dedos de comprimento e comece a cortar do meio para as laterais. A tesoura tem que seguir reta para ambos os lados. Isso mesmo, uma linha reta!

Agora erga a cabeça e acerte os fios com a escova, como de costume. Divida o cabelo em duas partes e puxe para a frente, como se fosse fazer uma maria-chiquinha. Acerte os fios dos dois lados, de frente para o espelho, e corte as pontas. . Sempre bom fazer isso!

Agora seque e penteie do jeito que esta acostumada!

O efeito é mais ou menos esse:

Com esse tipo de corte você não perde o comprimento, mas ganha volume e balanço nos cabelos.

E aí? Que tal o novo visual?

Poderosas e impossíveis!

Padrão

Hoje o papo é com as mulheres! Tá bom! Com os homens também, afinal de contas a gente quer um elogio de vocês. Faz bem para a alma, levanta o ego e nos deixa mais poderosas!

Ai, ai, hoje estou impossível! Aliás, aproveito para recomendar o blog da Jane Murback, Mulheres Impossíveis que eu adoro. Ela e minha grande incentivadora!

Mas voltando ao assunto, hoje apresento para vocês um vídeo bacana que ensina fazer um penteado lindo para as festas de final de ano!

Vai treinando aí! Ainda da tempo!

Como influenciar pessoas

Padrão

Desde os tempos passados as pessoas que tinham posses ou queriam demonstrar poder utilizavam-se das vestimentas para mostrar quem realmente eram.

Os faraós eram adornados com ouro. Os reis, posteriormente, usavam roupas suntuosas, bem diferente de seus súditos. E aqui conto uma passagem interessante: quando os reis não queriam mais as suas roupas, eles as doavam para os seus serviçais que eram obrigados a criar novos modelos para a Majestade. E assim surgiu a moda! Todos queriam usar a roupa do rei ou da rainha também.

Hoje em dia não é diferente. Para influenciar pessoas, conseguir fechar negócios ou se destacar em alguma reunião, nada como estar bem apresentado e vestido de acordo com a ocasião. Sua roupa diz tudo sobre você.

Aprendi com a Lilian Riskalla que leva de 6 a 30 segundos para que você tenha a impressão e forme a imagem de alguém. Isso e natural e acontece espontaneamente, no seu subconsciente. E de repente, sem perceber, você já tem informações sobre aquela pessoa que acabou de conhecer.

Cada situação exige uma postura. É claro que você não vai de camiseta numa reunião de negócios e nem de terno num churrasco na praia.

Muitas empresas atualmente têm o seu próprio dress code. E ninguém te falará sobre isso no dia em que você começar a trabalhar. Cabe a você identificar o perfil da sua empresa ou do seu local de trabalho.

Nas agências de publicidade ou para quem trabalha com moda, o ambiente é mais descontraído. Bem diferente de quem trabalha no mercado financeiro, por exemplo, onde a sua postura tem que ser um pouco mais elegante. Isso não quer dizer que você precisa se vestir como ternos e tailleurs que se usavam antigamente. A moda mudou bastante e facilitou tanto a vida de homens como de mulheres. Hoje é possível estar na moda até no seu ambiente de trabalho.

Com um pouco de bom senso você pode se diferenciar dos demais. Para as mulheres, os acessórios estão ai para ajudar… e a maquiagem também. Para os homens uma boa combinação de cores entre os ternos, as camisas e as gravatas cai muito bem. Sapatos de bom gosto também fazem a diferença… e nada de meias brancas, heim?

Bom, vamos lá! Estar na moda não exige muito esforço e nem muito dinheiro. Bom gosto nem sempre custa caro! Use isso em seu favor!

Color block: como ser moderna…

Padrão

Sem perder a elegância! Quando me deparei pela primeira vez com a nova moda color block que estava chegando por aí, logo de cara, disse que não iria usar. Na minha primeira impressão, essa tendência de misturar as cores fortes não combinava muito comigo.

Nos anos 80 a gente usava essas roupas coloridas, uma peça de cada cor, com tênis quadriculado e lenços no pescoço. Você, mulher de quarenta, sabe bem do que eu estou falando.

Confesso que nas minhas últimas aquisições fui obrigada a me render ao color block. Comprei peças super coloridas. E olha que as cores dessa primavera-verão estão lindas. Tem um verde bandeira super bonito, o coral para calças e saias, o rosa forte, o roxo, o azul “bic” então… uma cor mais linda do que a outra e com uma infinidade de combinações.

Essa roupa que estou usando aí tem na loja das “As Turcas“, dá uma sapeada lá no blog delas, que tem sempre dicas muito legais de moda.

Aderi aos cintos fininhos também. Esses acessórios são o máximo para dar um toque na roupa. Comprei vários também, de todas as cores, pra poder compor o visual.

Os sapatos também entraram na onda do color block. Estão coloridos, lindos mesmo!

Olha só essa foto que legal.

Outra marca muito bacana de sapatos que eu descobri é a Louloux. São ousados e diferentes, mas tem a cara desse verão. Veja o site.

Louloux

Bom, meninas,vamos trocando figurinhas!

Eles reparam sim!

Padrão

Adoro homens que tem visão sobre o modo como as mulheres se vestem e se comportam. E vamos combinar que tem certos exageros que os homens reparam. E como! Pensa que não? Olha só o que as mulheres andam usando por aí, na opinião de um homem bem informado (autoria desconhecida).

Unhas com florzinhas enfeitam as unhas das crianças. Cuidado com as tiaras: depois de certa idade, usá-las pode parecer umpouco infantil. Outra coisa que eu particularmente não gosto são das alças de sutiãs à mostra. Tem que saber usar. Eu prefiro os tops, acho mais elegantes.

Bom senso acima de tudo. Esse é o bom tom! Eu sou da opinião de que mulher tem que ser chique, sempre.

Meninas, vamos lá, agora é a nossa vez. Tem uns toques legais aí pra gente prestar atenção.

“É triste mulher:

1) Usar esmalte com uma florzinha (ou estrelinha) em uma das unhas combinado com a outra mão (no pé já é caso de internação).

2) Salto de acrílico (a não ser que vá fazer um filme pornô ou agradar o namorado fetichista). Sapato branco também é de lascar (a menos que você seja enfermeira…). Bota Frankstein, aquela do plataformão preto. Nem Mortícia Adams teve coragem de usar… E, sandália com plataforma de madeira entalhada. Essa dispensa qualquer comentário.

3) Lente de contato colorida. Essa é uma das tenebrosas campeãs. Além de dar uma enorme vontade de lacrimejar de aflição (para quem está de frente com o ser), parece que estamos diante de uma personagem do próximo filme do X-Men. Aproveitando a fase mutante retire o óculos de sol da cabeça! Ele deve ser usado nos olhos e guardado após o uso! Dr. Xavier adora mutantes que usam a cabeça como aparador!Cuidado!

4) Meia-calça cor da pele, tipo Kendall para o inverno (a não ser que tenha mais de setenta anos ou use debaixo da calça em caso de frio extremo). Em hipótese nenhuma deve ser usada com saia e sandália aberta.

5) Calça justa demais, que aperte as partes íntimas (fica parecendo uma pata de camelo). Calça de cintura baixa com aquelas gordurinhas sobrando para os lados e….. cofrinho aparecendo… . Não obrigue os outros a ter que ver isso!

6) Descolorir os (muitos) pelos da barriga, o famoso ‘caminho da felicidade’. Melhor depilar, caso contrário é melhor procurar um namorado que tenha colocado blondor no bigodinho. Farão um lindo par.

7) Unha do pé grande, maior do que onde termina o dedo, além de ficar muito feio pode ser um perigo fazendo ‘carinho’ com o pé, no marido ou namorado. Se estiver solteira, vá à praia de meia.

8) Calça jeans com muitas aplicações (rosas coloridas, tachas, strass, etc.). Tudo em exagero polui o visual e esse tipo de calça tem muita informação. Usada junto com o item 2 é uma das piores composições. Se pretende sacanear algum namorado (ou ex), chame-o para jantar ou dançar, e vá assim.

9) Perfume Paris, do Yves Saint Laurent ou um tal de Angel…. não tem desculpa. As pessoas ao redor não merecem isso e nem todo mundo carrega Neosaldina na bolsa. Usar no verão então, é sadismo.

10) Calça legging com tamanco de madeira. Se você não estiver numa refilmagem de ‘Grease nos tempos da brilhantina’, use outra maneira de chamar a atenção. Há outras (e muito melhores) maneiras de um cara te achar gostosa.”

Pode? Não pode!

Padrão

Vamos começar pelos meninos. Meias brancas com sapato social…não pode! Não existe coisa pior do que olhar para baixo e se deparar com esse visual. Esse, para mim, é um dos piores.

Recebi um texto fantástico (de autoria desconhecida) dando dicas sobre o que os homens não devem usar. Lá vai.

Meu conselho particular: – Meninos, sigam as dicas, por favor. Nós, mulheres, agradecemos!

O que os homens nunca deveriam usar – ou ter usado:

1) O trio mais famoso do que o do Mcdonalds: pochete, bermuda jeans e sandália papete. Se vier acompanhado do celular (na capinha) na cintura então… É caso para fingir que não conhece.

2) Blazer com gola rolê por dentro. É o figurino preferido de 10 em cada 10 novos cabeleireiros recém bem-sucedidos na cidade. Esse tipo acha esse conjunto o uniforme da ‘elegância’. Geralmente abrem salão na cidade com os nomes de Roberto’s Coiffeur, Cabral’s, Antonio’s e por aí vai.

3) Sapato social de ‘franjinha’ (aquele detalhe de penduricalho em cima). Se for curto a ponto de aparecer a meia branca por baixo, a coisa beira a piedade. Esse tipo fica ótimo num dublador de Michael Jackson cantando ‘Billie Jean’ no Largo da Carioca.

4) Calça de cintura alta e preguinhas…… Cuidado com os testículos! Eles não têm culpa se você se veste mal. Gerentes de churrascaria rodízio costumam adotar esse visual acompanhado de uma vistosa camisa vermelha de seda javanesa. Correntão de ouro e pulseira de ouro é melhor esquecer. Deixe para os bicheiros.

5) Perfume KOUROS (Yves Saint Laurent) ou NATURA. Num acampamento pode ser usado como repelente (pena dos seus companheiros de viagem). Um cara que usa esse perfume se torna inesquecível. O trauma nas pessoas ao redor é irreversível.

6) Essa vai doer em muito ‘Maurício’ mas é a minha opinião: Casaquinho de lã jogado nas costas e amarrado na frente. Esse visual geralmente vem acompanhado de um cabelo arrumado pela mamãe a ‘ La Roberto Justus ‘. Tem solução, mas tem que ser mudado ainda na infância ou no máximo adolescência. Depois fica difícil.

 7) Unha suja (e sem cortar). Se você não for mecânico pode ter certeza que brochará sua namorada ou pretendente. Caso seja bonito, atlético e gostosão, ela será somente um pouco mais tolerante, entretanto, irá pedir para limpá-las assim que acabar a noite de fetiche com um desleixado. Não esqueça também de aparar aqueles pelinhos horríveis que por ventura saiam do nariz ou da orelha – em nome da higiene, please!!!!

8) Base incolor na unha. Triste amigo. Só limpar e cortar já é suficiente. Cuidado se tem esse hábito, pois daqui a pouco estará pedindo ‘francesinha’ no salão.

9) Fazer sobrancelha. Se for tirar um fio maior, ok. Agora, se for limpar e afinar nas extremidades, é melhor tomar cuidado. Daí para usar rímel e delineador é um pulo. Não estranhe se vier uma vontade incontrolável de chamar um amigo de infância para assistir ‘Brokeback Mountain’ comendo pipoca light.

10) Cueca furada ou muito vistosa (vermelha, pink, salmão, cetim verde bandeira). Amigo, por favor, treine tirar a calça puxando a cueca junto. Nenhuma mulher no mundo agüenta esse choque visual. Se ela vir a sua cueca é provável que você fique na mão (literalmente) Esqueça também a sunga branca na praia. Nem precisa explicar.

A lei da renovação

Padrão

Saias longas vem com tudo na próxima estação

Estar na moda, hoje em dia, é muito relativo porque já não existem regras. Existem, sim, as tendências. Essas eu gosto de seguir, mas nada impede que você possa usar roupas da coleção passada, reinventar e marcar o seu estilo.

Há roupas clássicas (e básicas) que dificilmente saem de moda. Mas têm outras que não dá! Está certo que os casacos de lã não acabam nunca, mas a moda muda a cada ano. As peças se transformam, com novos cortes e modelagens.

Eu sempre reviro o meu armário para ver se posso me livrar de alguma coisa. Claro que essa é uma ótima desculpa para poder me aproveitar da tal “lei da renovação” – quando você tira uma coisa, pode comprar outra.

Eu sigo uma regrinha básica. Se eu não uso a roupa há mais de um ano, está na hora de me livrar daquela peça, ainda que isso seja muito dolorido para mim (rsrsrsrs).  Menos, nesse caso, é mais. Pra que deixar a roupa lá ocupando espaço se você pode abrir mais um pouquinho para a sua próxima aquisição?

Ai, ai, acho que preciso me renovar. Nada como um monte de sacolas na mão. Isso me deixa tão feliz!

Aí vai uma dica. As Turcas, da Garimpo da Moda, já aderiram a essa nova tendência.  Chique, elegante, bonito e acima de tudo moderno. Dá uma olhada!

Garimpo da Moda

Estilo: cada um tem o seu

Padrão

Depois de certa idade, já temos bem definido qual é o nosso estilo. Está certo que às vezes escorregamos um pouquinho, o que também é válido. O estilo de se vestir não precisa ser “engessado”. A moda nos permite isso, mudar, ousar, ser diferente.

Mas ter uma linha na hora de se vestir, cria totalmente a sua personalidade. As pessoas te olham e tem uma imagem de você também pelas roupas que você veste. Não preciso nem falar a diferença que isso faz no seu ambiente de trabalho, não é?

Eu sempre gostei de moda. Não sigo à risca as tendências porque acho que tem coisas que me caem bem, outras não. Outro dia resolvi usar um esmalte azul. Depois que apliquei – eu mesmo faço as minhas unhas – não podia olhar para as minhas mãos. Acho legal quem consegue usar. Eu achei que não combinava nada comigo.

Cada um tem o seu próprio estilo. Confesso que o meu é um pouco mais sofisticado, eu gosto de me arrumar, de me maquiar, usar salto alto. Não consigo vestir uma calça de moletom e uma camiseta e sair por aí. Isso até me causa certo problema quando preciso ir ao clube ou usar uma roupa mais informal.

Enfim, certo ou errado? Quem toma esa decisão é você.

 

 

Bom, pra ilustrar mais um pouco aqui o nosso bate-papo, encontrei esse vídeo super bacana que ensina várias maneiras de se usar os lenços. Eles continuam com tudo na primavera-verão. Espero que gostem!